quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Google e o controle de nossas vidas...


Teoria da conspiração ou não, fato é que nunca fomos tão vigiados, fiscalizados e controlados quanto nestes tempos. De fato, a quantidade de informação é absurdamente enorme, a internet oferece-nos muitas possibilidades. Qualquer pessoa pode escrever ou baixar informação da internet.

Minha intenção, como um cirurgião que não perde tempo com detalhes, é ir direto ao ponto.

Todo cidadão é vigiado hoje em dia. Todos nós estamos sujeitos ao controle direta ou indiretamente. Antigamente as informações eram armazenadas em papel e arquivos, não havia possibilidade de instantaneamente fazer a recuperação de informações de um cadastro de dados interligado ao outro. Quem nunca pesquisou seu nome no Google? A probabilidade de encontrar algo é enorme. Quase certa!

Temos e-mail, conta em Redes Sociais, cadastros em sites, fundações, ONGs, Bancos, Faculdades, Universidades etc. Temos muitos dados pessoais sob os cuidados de terceiros e sujeitos a todos os tipos de uso indevido.

Impressiona-me ver que os celulares modernos têm vários aplicativos que visam facilitar nossa vida e ajudar nosso dia a dia. Não digo que seja ruim, mas fico preocupado com os riscos que corremos. Certo dia depare com um serviço do Google chamado Google Now. Este serviço possibilidade muitas facilidades, como instantaneamente informar o que há próximo a você. Por exemplo: ao acordar para ir para o trabalho ele já te informar a situação do trânsito, qual a melhor rota; na hora do almoço, caso queira comer uma massa, ele informar o restaurante mais próximo; quer pagar uma conta? Ele informa agência bancária mais próxima.

Enfim, faça uma pesquisa e confira as muitas facilidades que o sistema oferece. Se há pontos positivos, temos que questionar o lado negativo. O Google conseguirá saber toda sua rotina, seus contatos, suas preferências, seus gostos... Conseguirá todas as informações da sua vida. Será que vale apena nos submetermos a isto? O que poderá ser realizado com nossas informações? Estamos em uma iminência de um controle global? Ficam no ar as dúvidas. Como tudo na história, o que são gritos isolados contra monstros enormes que se aproximam para ficar? 

Se as indústrias da informação quiserem todos os nossos dados ela tem e terão, pois estamos caminhando para a exposição de nossas vidas. Estes passos são dados com uma alegria infantil de acharmos que estamos no lucro, mas no fundo, quem ganha são as elites globalistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas atualizações