terça-feira, 30 de novembro de 2010

De repente me senti só...

Para Frances Blogg


De repente, no meio dos meus amigos,
de irmãos que conheço mais e mais,
e seus segredos, histórias, gostos, heróis,
projetos, amores, que também conheço,
de repente me senti só.

Me senti como uma criança sem mais jogos para jogar
porque não tenho uma mulher
à qual envie então meu pensamento
para que ela coroe minha obra.


GILBERT KEITH CHESTERTON, poema De repente no meio,
do Caderno de Notas do autor, Londres, 1882.

Retirado do blog NUEC.blogspot.com   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas atualizações