terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Nunca mentir!

Nunca mentir! Aqui está um importante dever que exige muita firmeza. - De todas as criaturas, só o homem recebeu o dom da palavra. O papagaio sabe imitar as palavras humanas, mas só o homem é capaz de criá-las.

Não sentes já a responsabilidade que esta faculdade excepcional acarreta ao homem? Porque, se a palavra é um direito exclusivo seu, é também seu dever usar dele convenientemente. "Em verdade vos digo, no último juízo, os homens darão conta de cada palavra inútil que tiverem pronunciado" - declarou Jesus Cristo (Mat. XII, 36). E Nosso Senhor não se contentou com ensinar esta verdade - deu Ele mesmo o exemplo. Lendo os Evangelhos, não podes deixar de notar a ponderação, a dignidade e a nobreza das palavras que saíam de Seus lábios.

O animal urra, berra, pia, - mas não fala. A sua voz é um fruto sem caroço. A palavra humana, essa, tem caroço, alguma coisa que faz mal ou bem, que estraga ou repara, que ofende ou causa agrado - e é isto o que dá à palavra pronunciada enorme responsabilidade.

Aquele que não reflete antes de falar está muito longe de ser um caráter. O ideal da educação cristã é formar um jovem que sabe ser delicado sem lisonja, franco sem grosseria, modesto sem ser desajeitado, dedicado sem inconstância, e fiel a seus princípios sem ofender outrem. O sol executa o seu curso celeste com um brilho sem mancha e uma regularidade sem mistério; o rosto dos homens alegra-se ao voltar-se para ele, e nele bebe força, alegria e vida. O justo é um sol vivificador da sociedade; faz-nos bem ver que assim é, e podemos sempre estar seguros de que não sofreremos decepção.

Não poderá dirigir-se a um jovem melhor louvor do que dizer dele: "tem plena consciência da responsabilidade de suas palavras. Nunca brinca com a língua. Podemos sempre fiar-nos no que ele diz! Fala sempre com delicadeza, e nunca se afasta da verdade!".
----------------------------------------------------------
*Extraído do livro: TOHT, Tihámer. O jovem de caráter. [S. L.]: Coimbra, 1963.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas atualizações